Candidaturas Abertas à 13º Call For Entrepreneurship!

A 13.ª edição da Call for Entrepreneurship encontra-se aberta e os projetos podem ser apresentados até 12 de Novembro. Na preparação e qualificação dos projetos, os empreendedores poderão beneficiar do apoio e orientação de uma das entidades da Rede de Parceiros do Programa de Ignição (Ignition Partners Network), da qual a SANJOTEC é parte integrante, potenciando a aptidão dos mesmos para o investimento de capital de risco. Todas as candidaturas são submetidas através do website da Portugal Ventures. Os projetos candidatos à Call serão avaliados com a intervenção de painéis de avaliação, divididos por indústrias, compostos por peritos empresariais, nacionais e internacionais, bem como pelos investidores da Ignition Capital Network, business angels e outras capitais de risco, que poderão vir a co-investir com a Portugal Ventures nos projetos. A Portugal Ventures selecionará para investimento os projetos que demonstrarem possuir maior potencial de crescimento e capacidade para se assumirem como start-ups de excelência a nível mundial. Os projetos investidos beneficiarão do aconselhamento por especialistas, preferencialmente internacionais, com experiência acumulada e uma vasta rede de contactos relevantes. Estes projetos têm também a possibilidade de virem a ser incubados e acelerados nos centros do ecossistema de empreendedorismo tecnológico Português em São Francisco, Boston, Austin e Berlim. A Call For Entrepreneurship é o ponto de entrada para o Programa de Ignição, uma iniciativa liderada pela Portugal Ventures e parte integrante do Programa +e+i (mais empreendedorismo, mais inovação). O seu objetivo é fortalecer o ecossistema Português de empreendedorismo de base tecnológica e, assim, contribuir para o desenvolvimento de uma economia mais moderna, competitiva e aberta para o mundo, com base em conhecimento, inovação e capital humano altamente qualificado, com um forte espírito empreendedor. Através desta iniciativa, a Portugal Ventures pretende investir cerca de 20 milhões de euros por ano. Alguns dos fundos de capital de risco geridos pela Portugal Ventures são cofinanciados pela União Europeia através do FINOVA, gerido pela PME Investimentos, do COMPETE e do POR LISBOA.